sexta-feira, 13 de junho de 2014

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Dia Mundial contra o Trabalho Infantil

     A UNICEF estima que mais de 215 milhões de crianças são vítimas de trabalho infantil, trabalhando muitas em condições de exploração infantil e sendo envolvidas em conflitos armados.
     A comemoração deste dia pretende alertar a população para o facto de muitas crianças serem obrigadas a trabalhar diariamente quando deveriam estar na escola a aprender e a construir um futuro melhor para si e para as suas famílias e promover o direito de todas as crianças serem protegidas da exploração infantil e outras violações dos seus direitos humanos fundamentais e combater todos os tipos de trabalho infantil.
    O Papa Francisco fez um apelo: “Desejo vivamente que a Comunidade Internacional possa estender a proteção social dos menores para debelar esta praga. Renovamos todo o nosso empenho, em particular as famílias, para garantir a cada menino e menina a salvaguarda da sua dignidade e a possibilidade de um crescimento são. Uma infância serena permite às crianças olhar com confiança a vida e o futuro.”

terça-feira, 10 de junho de 2014

10 de junho - Dia de Camões e das Comuniddes






A 10 de Junho celebra-se o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.
O feriado nacional assinala ainda o dia da morte do poeta Luís Vaz de Camões, em 1580.
Durante o Estado Novo e até à Revolução de 25 de Abril de 1974, o dia 10 de Junho era celebrado como o "Dia da Raça".
Após a revolução do 25 de Abril de 1974,  a celebração do dia passou a prestar homenagem a Portugal, Camões e às Comunidades Portuguesas.
Neste dia, o Presidente da República e altas individualidades do Estado,
 participam em cerimónias de comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas,
 que decorrem, todos os anos, em cidades diferentes.
A grande obra de Camões são Os Lusíadas.

Publicado em 1572, este livro é constituído por dez cantos, dez partes que narram os feitos históricos dos portugueses.
Através da viagem marítima de Vasco da Gama para a Índia e das aventuras dos marinheiros nas Descobertas
são entrelaçados os mitos, as figuras e os momentos que definem a História de Portugal.
Ora ouve:


http://youtu.be/JDrXTZKmm-A

Para além da epopeia, Camões deixou-nos ainda muitos outros poemas que merecem referência,
alguns deles musicados e cantados por artistas contemporâneos:
http://youtu.be/75-y78hTBlA

E agora, aqui fica um soneto de Luís de Camões :

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança;
Todo o mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.

Continuamente vemos novidades,
Diferentes em tudo da esperança;
Do mal ficam as mágoas na lembrança,
E do bem, se algum houve, as saudades.

O tempo cobre o chão de verde manto,
Que já coberto foi de neve fria,
E em mim converte em choro o doce canto.

E, afora este mudar-se cada dia,
Outra mudança faz de mor espanto:
Que não se muda já como soía.





segunda-feira, 9 de junho de 2014

                                           Melhores leitores 2013 / 2014

1ºCiclo
Beatriz Fonseca
Beatriz Gonçalves
Pedro Borges
Sara Viana                                                                                                








2ºCiclo
Lucia Ferreira
Fátima Ferreira


3ºCiclo
Mafalda Ferreira


sexta-feira, 6 de junho de 2014

Desembarque na Normandia


        
             Os aliados celebram hoje na Normandia, em França, o 70º aniversário do Dia D, reconstituindo o desembarque, que acelerou a derrota Nazi na II Guerra Mundial.

domingo, 1 de junho de 2014

Hoje é Dia da Criança

Hoje é Dia da Criança
e eu quero dar-te a Lua.
Mas há meninos sem nada
que dormem sós numa rua.

Hoje é Dia da Criança,
na aula lês teus direitos.
Mas há meninos nas obras,
a mando de alguns sujeitos.

Hoje é Dia da Criança
 saboreias chocolate.
Mas há meninos raptados
que sonham com o resgate.

Hoje é Dia da Criança
em todo o Planeta Terra.
Mas há meninos que morrem
em combates, numa guerra. 

Hoje é Dia da Criança,
tu brincas, cantas, sorris.
Um dia, cada criança
como tu será feliz.

Luísa Ducla Soares in O Livro das Datas    

Para os pais que também foram crianças.
Um poema para refletir.

Não Tenho Tempo, um lindo poema dito pelo ator Vitor de Sousa
                                                                    
                                                 http://youtu.be/8HKLbcpgyPo

25 de abril

         A  Revolução de 25 de Abril , também conhecida como  Revolução dos Cravos ,  refere-se a um evento da história de  Por...